pastor-marco-felicianoO pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) comentou a iniciativa do governo federal de relativizar a pedofilia, através do programa Humaniza Redes, e afirmou que a ideia do PT e dos partidos comunistas brasileiros é “descriminalizar” a pedofilia.

Em uma publicação em sua página no Facebook, Feliciano comentou a iniciativa da administração Dilma Rousseff (PT), que compartilhou um trecho da Cartilha Educativa de Campanha de Prevenção à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, em que a pedofilia é suavizada com afirmações de que as relações sexuais entre adultos e menores de idade nem sempre são criminosas.

“Ora, essa informação, ao ser captada por crianças e adolescentes, a grande massa consumidora das mídias sociais, causa um evidente conflito de conceitos. A publicação traz um jogo de palavras macabro e uma estratégia de destruição da família, pois a propaganda faz presumir que há adultos, homens e mulheres, que se relacionar com uma criança sem que pratiquem o crime de abuso pois, uma vez que sejam considerados pedófilos, isso deixará de ser crime e será considerado uma doença. E, ao doente, segundo a propaganda governamental, não deve ser estendido o rigor do tratamento ao criminoso”, repudiou o pastor.

Feliciano foi além e disse que “de forma perversa, o governo tenta promover o pedófilo que, em qualquer análise, é autor de um crime hediondo, transformando-o em um ‘pobre doente’ que merece carinho e compreensão”.

69 – Visualizações

Facebook Comentários

Feliciano critica tentativa do governo de “descriminalizar a pedofilia” e alerta para “destruição da família”

| NOTÍCIAS | 0 Comments
Sobre o autor
- Moro na cidade de São José do Rio Preto - SP, sou locutora da Rádio Alpha Gospel tenho o prazer de fazer parte dessa obra dês de sua fundação Missionária Fátima A serviço do Deus Altíssimo. E operando Deus quem impedirá.